domingo, 18 de fevereiro de 2007

Planetário

Fomos (eu, Helio e Ramon - meu enteado) ao Planetário, que afinal reabriu após 7 anos (!!)... ai, que decepção!!
Quando meus filhos eram pequenos, fui com eles ao Planetário umas 2 ou 3 vezes. Era muito legal, interessante, a criançada adorava e os adultos também. Alguém aí se lembra? Eles mostravam o céu de São Paulo, simulavam o pôr-do-sol, o céu da cidade sem nuvens, sem luzes e sem poluição... a gente fazia uma viagem pela nossa galáxia e aprendia a identificar as estrelas no céu. Pode até ser saudosismo, mas acho que era melhor antes.

O programa agora começa com uma lição de ecologia, falando sobre o efeito estufa e blá, blá, blá... fiquei sem entender direito algumas afirmações do tipo: Todos nós buscamos nas estrelas as explicações para questionamentos humanos... e mais blá, blá, blá. Parece que eles erraram o ponto da maionese...desandou! Passaram do quase místico (o que me deu muito medo) para o excessivamente técnico. E eu fiquei com cara de ponto de interrogação.

Depois da lição de ecologia, começou a viagem pelo céu... demos uma rápida passada por algumas estrelas, e num piscar de olhos viajamos 150 anos-luz em direção á galáxia de Andrômeda ... muitos dados técnicos, explicações sobre os métodos usados para medir os astros e objetos celestes, muito mas moooito blá,blá, blá... eu boiando e o Ramon adorando!

Ainda bem que o Ramon gostou muito. Ao contrário de mim, ele entendeu tudo, curtiu tudo, apreciou as imagens, complementou e explicou algumas afirmações que pareciam grego para mim. Explico: Ramon adora física, astronomia, e assuntos ligados à ciência em geral... o detalhe é que ele só tem 12 anos... conheço muita gente bem mais velha que não tem metade do conhecimento dele. Hoje eu disse à ele que ele é uma das pessoas mais civilizadas que eu conheço.

Vamos às fotos (antes e depois):

1) Antes: quando eu achava que eu era a dona-do-saber, levando um jovenzinho para um passeio de domingo...

2) Depois: quando eu me conscientizei de que tudo o que sei é que nada sei... :( eu com cara de ponto de interrogação, e o Ramon absolutamente tranquilo.

2 comentários:

Solange disse...

Pois é, Claudia, esses pirralhos de 12 anos de hoje dão um banho na gente, né? (A minha tem cada uma que nem te conto. Só ganho dela no português mesmo :D)

Claudia disse...

O pior é que do Ramon eu não ganho nem no português...!

beijo,
Claudia