domingo, 31 de dezembro de 2006

Enforcamento do Sadam

Vou fazer um cachecol em homenagem ao enforcamento do Sadam.

Tenho lido algumas (ou muitas) reações contrárias ou até de pezar pela morte do Sadam... quéqué isso gente!!! Sai do muro... é preciso ter coragem para amar e para odiar também! Não estou fazendo apologia do ódio (mesmo porque não precisa), mas a gente precisa saber reconhecer quando uma pessoa é simplesmente detestável e merece ser castigada. Fiquei boba com a rapidez com que a pena foi executada! Talvez por estar acostumada com a morosidade da justiça brasileira e até com a impunidade... se o Sadam fosse brasileiro, não seria enforcado... ia aparecer um monte de defensores dos direitos humanos (que foram sumariamente ignorados pelo Sadam) e tudo acabaria em pizza. Ele foi julgado e condenado. A pena foi cumprida. Há quanto tempo a gente não vê isso acontecer por aqui...!
.
.
.
vou usar lã vermelha.

Um comentário:

Anônimo disse...

Tem muito bandido empune, mas quem mata também é bandido e criminoso.
Deixasse apodrecer na cadeia, mas não matar.Quem são os homens para julgar e matar os filhos de Deus?
Quem mata, quem mandou matar foi o 69
busch. Este é o maior criminoso.